sábado, 29 de janeiro de 2011

Fim de férias: reflexão sobre o EU

          Voltei das férias. E agora para os textos do blog. Foram sete dias viajando pelo sul do Brasil. A partir deste domingo, postarei o diário de bordo com as minhas impressões, dicas de lugares, preços, o que sugiro, aquilo que recomendo. O que foi bom e, claro, o que não fazer. A viagem foi sensacional, um passeio com mochila nas costas, sem objetivo, nem roteiro. Mas só amanhã, porque hoje, vou responder uma brincadeira que li no blog http://lustingmyreligion.blogspot.com/, que descobri fazendo uma pesquisa no Google sobre viciados em livros - que será assunto para outra conversa. E a proposta se relaciona com as reflexões que tive durante o descanso.
          A ideia do autor é que se escreva nove coisas aleatórias sobre você. Achei desafiador relatar algo que penso sobre mim e que, talvez, muita gente desconheça. Pode servir como uma terapia coletiva.

1 - Gosto mais de ler do que escrever. Queria passar semanas lendo todos os livros que tenho, sem fazer mais nada na vida. Pode parecer contraditório, sou um escritor e jornalista que ama as palavras, dos outros. Contudo, eu também gosto de escrever.

2 - Uma lista de coisas que mais gosto: viajar, ler, doce de pêssego, a fruta pêssego, cheiro e suco de pêssego. Pra variar uva. O mundo pode acabar em pêssego, arroz, tomate, alface, macarrão. Estarei bem servido. E gosto de gente: pra rir, chorar, conversar, beijar, relacionar.

3 - Super fácil me dar presentes: moro sozinho - então sou um dono de casa. Música agrada todos os ouvidos, os meus também. Qualquer estilo. E o principal: sou prático e básico para vestir. Gosto de marcas que me vestem bem. Moda não faz minha cabeça. Porém não sou desatento às tendências.

4 - Sou pago para fazer televisão não para assistir. Então evito discussões sobre conteúdo de TV. Gosto é gosto e o controle remoto serve para desligar e mudar. Eu AMO ver TV. Globo, SBT, Universal, AXN, GNT, Sony, History Channel. Meus dedos movimentam nesta ordem. Depois começo no 16 da Net - Record e vou vendo que está passando.

5 - Tenho muitas roupas pretas. De todos os estilos. Entretanto minha cor predileta é a vermelha. Depois a azul, e lógico, a preta. Minhas compras atuais incluem meias e cuecas. Diferentes, com cores. Neste caso, eu não sou básico. Quanto mais coloridas, melhor. Listrada, com símbolos. No outro - cueca branca e preta. Tesão demais.

6 - Católico de formação e batismo, espírita por pesquisa e experiências pessoais, budista pela filosofia, muçulmano por curiosidade. Descobri que não tenho religião. Tenho fé. Em Deus, Jesus Cristo, Nossa Senhora das Graças, São Judas Tadeu, Padre Libério. Acredito também no xamanismo, na Mãe Terra, em forças desconhecidas. Da paranormalidade às crenças populares. Ainda não fui no Santo Daime, mas pretendo.

7 -  Japão, China, Austrália, França, Itália, Egito. São os países que mais desejo conhecer. A cultura, a diversidade, o povo, as comidas. Machu Pichu foi a viagem do sonho realizado e mergulhar com as baleias jubarte em Abrolhos, a aventura de criança.

8 - Dizem que sou uma cópia da minha mãe. E sou mesmo. Porém nasci com uma falha de DNA: não sei contar nem lembrar de piadas como ela. Apesar disso, na maioria do tempo, sou bem-humorado como D. Dalva. Ela é minha versão feminina.

9 - Depois do 8, meu número predileto é o 9. Estranho falar disso? Não! Estudo numerologia. Este número me deu uma missão: ajudar sem esperar recompensa. Aprendi que isso é algo nato a mim. Não sofro por fazer o bem. O retorno da bondade move minha vida.

Se gostou da brincadeira, que tal escrever nos comentários algo sobre você? Pode ser uma simples frase. Assim a gente se conhece melhor. E deixe um email pra nos comunicarmos mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário